X

0 Comentários

Off Topic

Livro: Dicionário de Fotógrafos do Cinema Brasilei

Um facho de luz sobre os fotógrafos de cinema

Por Luiz Joaquim | 04.04.2011 (segunda-feira)

Na noite da última quinta-feira, na Cinemateca Brasileira, na capital paulista, foi lançando mais um pacote de publicações da “Coleção Aplauso”, série que nasceu em 2004 pela Imprensa Oficial do Estado de São Paulo e é saudada, com justiça, como um conglomerado de documentos que resgata a memória do cinema e teatro brasileiros. O novo pacote é composto por 21 livros – sendo oito da série “Cinema Brasil”, quatro da série “Especial” e nove de sua série mais conhecida, a “Perfil”. Com os novos títulos, a Coleção atinge agora um total de 277 lançamentos.

Os livros traçam o perfil de dramaturgos, atores, atrizes e diretores de televisão, cinema e teatro, além de publicar roteiros de cinema e peças. Entre os livros da série “Especial”, chama a atenção entre jornalistas e pesquisadores de cinema o “Dicionário de Fotógrafos do Cinema Brasileiro” (2011, 160 pág.), mais novo trabalho de Antônio Leão da Silva Neto. Leão é um empertigado pesquisador da produção cinematográfica nacional e responsável por três brochuras essenciais a estudiosos do tema. São elas “Astros e Estrelas do Cinema Brasileiro” (1998, 335 págs.); “Dicionários de Filmes Brasileiros: Curta e Média-Metragem” (2006, 1038 págs.); e “Dicionário de Filmes Brasileiros: Longa Metragem” (1º edição, 2002; 2ª edição, 2009, 1151 págs). Todos via publicação independente.

Com o novo livro, Leão dá luz a 470 profissionais resenhados por ele e seguidos de toda sua filmografia. “Muitos fotógrafos são também diretores (caso de Carlos Reichenbach, Walter Carvalho e outros). Tomei, então, a decisão de incluir na filmografia também os filmes por eles dirigidos”, explica o autor na introdução. Meticuloso em seu trabalho, Leão teve o cuidado de especificar entre parênteses a função que tiveram em cada uma dessas obras.

Sendo um cinéfilo incorrigível, o estímulo do autor para desenvolver seu novo trabalho foi o mesmo que o moveu em sua produção anterior, ou seja, o seu gosto por formatar a filmografia desses profissionais. “Nesse sentido, consegui cadastrar e estabelecer a filmografia de quase 1200 fotógrafos que participaram de pelo menos um curta-metragem entre 1898 e 2010”, diz.

Mas, Leão confessa que a tarefa mais ingrata foi biografar os fotógrafos (os 470 resenhados). “Os (cerca de 730) que ficaram para trás foi em razão da absoluta falta de informações nas fontes disponíveis que, diga-se de passagem, não são muitas nesse quesito”, comenta. Com orgulho, o pesquisador também conta que seu foco foi mesmo o contato pessoal com cada profissional, sendo mais de 100 resenhas do livro feitas a partir de currículos recebidos.

Outro ponto a ser destacado está na inclusão de alguns pioneiros da função de fótografo de cinema. Alguns deles: Botelho, Bonfioli, Leal, Rossi e Silvino. “Como então (início do século passado) não existia a figura do fotógrafo, que se chamava ‘operador’, e também não existiam equipes de filmagem, ficava quase sempre a responsabilidade de todas as etapas para o diretor, que roteirizava, fotografava, montava, etc.”, rememora.

Ainda no prefácio, um texto de Walter Carvalho, “Da caverna ao digital”, comenta o caminho desde as primeiras preocupações do homem com a representação da imagem em movimento até as pesquisas atuais no campo da tridimensionalidade.

Ao final, o respeitado fotógrafo paraibano reforça: “Daí a importância fundamental desse precioso dicionário, que vem suprir entre nós uma enorme lacuna e que reúne um completo inventário de filmes, trabalhos, filmografia e biografias de realizadores, que deixam um legado para a história do cinema brasileiro por meio do seu trabalho como fazedores de imagem”.

—————————————
Novos títulos da Coleção Aplauso

Série Cinema Brasil

– Carro de Paulista – Dos Palcos ao Cinema na TV
Autores: Texto Teatral de Mário Viana e Alessandro Marson – Roteiro de Dagomir Marquezi e Ricardo Pinto e Silva

– Dores e Amores
Roteiro de Patrícia Müller, Dagomir Marquezi e Ricardo Pinto e Silva

– Jorge Ileli – O Suspense de Viver
Autor: Ely Azeredo

– Marco Altberg – Muitos Cinemas
Autora: Roberta Canuto

– As Melhores Coisas do Mundo
Roteiro de Luiz Bolognesi – Filme de Laís Bodanzky

– Olhos Azuis
Roteiro de Paulo Halm, Melanie Dimantas e Jorge Duran – Direção de José Joffily

– Os Famosos e os Duendes da Morte
Roteiro de Esmir Filho e Ismael Caneppele – Direção de Esmir Filho

– Zelito Viana – Histórias e Causos do Cinema Brasileiro
Autora: Betse de Paula

————————–
Série Especial

– Dicionário de Fotógrafos do Cinema Brasileiro
Autor: Antonio Leão da Silva Neto

– Márcio Aurélio – O que Estava Atrás da Cortina?
Autor: Aguinaldo Cristofani Ribeiro da Cunha

– TV Tupi do Rio de Janeiro – Uma Viagem Afetiva
Autor: Luís Sérgio Lima e Silva

– Ziembinski – Mestre do Palco
Autor: Antônio Gilberto
———————
Série Perfil

– Bráulio Pedroso – Audácia Inovadora
Autor: Renato Sérgio

– Carlos Alberto Soffredini – Serragem nas Veias
Autora: Renata Soffredini

– Dina Lisboa – Moldando Emoções… A Vida me Fez Assim… Atriz, Mulher de Teatro
Autora: Maria Aparecida Lisboa

– Fúlvio Stefanini – Abrindo as Gavetas
Autora: Nilu Lebert

– Geraldo Vietri – Disciplina é Liberdade
Autor: Vilmar Ledesma

– Imara Reis – Van Filosofia
Autor: Thiago Sogayar Bechara

– José Marinho – Luzes do Sertão, Luzes da Cidade
Autores: José Marinho, José Carlos Monteiro, Tunico Amâncio e Juliana Corrêa

– Lauro César Muniz – Solta o Verbo
Autor: Hersch W. Basbaum

– Rubens Corrêa – Um Salto para Dentro da Luz
Autor: Sérgio Fonta

Fields marked with an * are required

assine e receba
novidades por email

Mais Recentes

Publicidade