X

0 Comentários

Off Topic

Livro: Telenovela – Um olhar do Cinema

A telenovela pelo cinema

Por Luiz Joaquim | 13.05.2008 (terça-feira)

O que faz o telespectador se interessar por uma nova telenovela, sabendo que esta nova vai seguir fórmulas históricas da categoria, num dramaturgia audivisual já decantada há anos pela própria televisão? Dando resposta, não apenas a esta questão, temos o lançamento da Summus Editoral: “Telenovela – Um Olhar do Cinema” (152p., R$ 31,00), que, como diz o título, utiliza-se das estruturas clássicas da narrativa cinematográfica para perceber as estratégias da telenovela. O livro de José Roberto Sadek é derivado de sua tese de doutorado em ciências da comunicação pela Escola de Comunicação e Artes da Universidade de São Paulo.

Dividido em quatro capítulos, Sadek primeiro apresenta um histórico das telenovelas, identificando-as como herdeiras direta dos folhetins do século 19. Na segunda parte, entra propriamente na análise da organização narrativa de três filmes: “O Cangaceiro” (1953), de Lima Barreto, “O Grande Momento” (1957), de Roberto Santos, “Cidade de Deus” (CdD, 2002), de Fernando Meirelles, e “Carandiru” (2003), de Hector Babenco, para daí compará-la com as estratégias de telenovelas como “O Bem-Amado” (1973), de autoria de Dias Gomes, “América”, de Glória Perez, “Belíssima” (2006), de Silvio de Abreu, e outras.

O capítulo três é dedicado aos pesonagens, protagonistas e secundários, e aqui Sadek chama a atenção para o fato de o “Cinema Clássico”, fazer uma diferenciação clara entre estes duas figuras, enquanto que a telenovela mesmo partindo desse pressuposto, por vezes o subverte a partir de interferências que vão desde os picos de audiência até a influências de um acontecimento na ‘vida real’. No último capítulo, o autor observar a diferenciação entre o tempo o espaço na narrativa das encenações.

No prefácio, Bráulio Mantovani, roteirista de “CdD” e “Tropa de Elite” resume bem o valor deste livro de Sadek: “Nós – roteiristas – muitas vezes não percebemos como essa influência da telenovela não costuma ser boa para os roteiros. O que funciona bem na TV pode funcionar mal no cinema (suponho que a recíproca seja verdadeira). Os manuais de roteiro nas livrarias, em particular os norte-americanos, passam ao largo dessa questão. Por isso é oportuna a publicação deste livro…”.

SERVIÇO
“Telenovela – Um Olhar do Cinema”
(Summus Editorial)
De José Roberto Sadek
R$ 31,00 (152 págs.)

Fields marked with an * are required

assine e receba
novidades por email

Mais Recentes

Publicidade