X

0 Comentários

Festivais

8 1/2 Festa do Cine Italiano (2017) – Recife

A vez do cinema italiano, chegando ao Recife por meio de mostra com já uma década de bom histórico.

Por Luiz Joaquim | 31.08.2017 (quinta-feira)

Share on FacebookTweet about this on TwitterEmail this to someonePrint this page

E ele chegou, finalmente, ao Recife, tomando como residência o palácio cinematográfico da cidade: o Cinema São Luiz. Falamos do festival 8 ½ Festa do Cinema Italiano. A mostra inicia hoje (31) e segue até 6 de setembro (quarta), exibindo sete longas-metragens da mais recente e interessante produção italiana, em caráter de exclusividade.

A festa abre às 16h com Algo de novo (Qualcosa di nuovo, 2016), de Cristina Comencini, sobre duas amigas que põem suas convicções em cheque quando aparece um toy toy entre elas. Para quem não entende o signficado da expressão, basta lembrar do DJ Jesus Luz como sendo o toy boy da pop star Madonna.

Às 20h exibe Em guerra por amor (2016) – foto acima –, que é o mais recente trabalho do humorista  PIF (Pierfrancesco Diliberto). Traz uma história divertida sobre amor e máfia passada durante a Segunda Guerra Mundial. Em guerra pelo amor, teve uma exibição especial no 45º Festival de Gramado, semana passada.

TRAJETÓRIA – Depois de dez anos de sucesso em dezenas de cidades lusófonas em três diferentes continentes, de passar por Porto Alegre em 2014 e 2015, e chegar a mais cinco cidades em 2016, desta vez o festival amplia seu circuito e também será realizado por aqui (Recife) e em Salvador. Além destas, São Paulo, Rio de Janeiro, Curitiba, Brasília, Belo Horizonte e Porto Alegre.

A produção do evento agradece a ampliação do circuito à parceria com o Cinema São Luiz (Recife) e as salas do Espaço Itaú de Cinema.

O cartaz oficial desta edição foi criado pelo mestre dos quadrinhos eróticos Milo Manara, que se inspirou no clássico La città delle donne (Cidade das Mulheres, 1980), de Federico Fellini para criar a ilustração.

Os outros cinco títulos da programação estão O Fantasma da Sicília (Sicilian Ghost Story), de Fabio Grassadonia e Antonio Piazza, que estarão no Sudeste do Brasil durante o Festa. O título foi o filme de abertura da Semana da Crítica no Festival de Cannes 2016, que foi recebido com entusiasmo por público e crítica na Riviera Francesa.

Conta uma história de máfia verdadeira (o desaparecimento do jovem Giuseppe di Matteo, acontecimento que chocou a opinião pública italiana nos anos 1990) narrada como se fosse um gótico conto de fadas. É tido como um filme surpreendente que mistura com inteligência diferentes gêneros e influências, tendo recebido o prêmio de melhor roteiro em Sundance (2016).

Outro destaque da programação é Histórias de Amor que não Pertencem a Este Mundo (Amori che non sanno stare al mondo, 2017) de Francesca Comencini, que integra a seleção oficial do Festival de Locarno 2017 e tem estreia marcada para o próximo dezembro. Brinca com as tragicômicas histórias de Claudia e as suas tentativas de salvar a sua bonita história de amor.

E com Paro Quando Quero – Masterclass (2017), está de volta ao cinema (fruto de uma trilogia) o bando de criminosos com o “quociente de inteligência mais alto que já existiu”. Desta vez uma detetive oferece ao chefe do grupo, Pietro Zinni, uma redução de pena em troca de ajuda para vencer a batalha contra as drogas sintéticas.

Outra comédia, Lasciati andare (2017) – “Deixa Rolar” – de Francesco Amato, tem o astro Toni Servillo (de A Grande Beleza) como protagonista. No longa ele interpreta Elia Venezia, um psicanalista sedentário que é obrigado a se exercitar e acaba iniciando sua nova rotina com Claudia, uma personal trainer meio avoada e sempre pronta para entrar em apuros.

Fechando a seleção, L’ora legale (2017 )  – “A Hora Oficial” – de Salvatore Ficarra e Valentino Picone, o grande sucesso de bilheteria na última temporada na Itália.  Uma história que nos fala com bom-humor sobre a grande diferença entre o desejo de viver a legalidade e saber praticá-la no dia a dia.

Vale destacar ainda que o 8 ½ Festa do Cinema Italiano exibe todos os filmes de sua programação simultaneamente em todas as oito cidades onde ocorre, sempre com dois filmes em cartaz por dia. Além disso, os títulos têm distribuição garantida em território nacional e entrarão em cartaz nos próximos meses.

Ou seja, o Festival Varilux do Cinema Francês que se cuide pois è il momento di parlare e di ascoltare l’italiano.

Veja a programação dia-a-dia no Cinema São Luiz (Recife).

31 AGOSTO Hoje

16H00      ALGO DE NOVO

20H00      EM GUERRA POR AMOR

1 SETEMBRO Sexta-feira

16H00      PARO QUANDO QUERO – MASTERCLASS

20H00      O FANTASMA DA SICÍLIA

2 SETEMBRO Sábado

16H00      HISTÓRIAS DE AMOR QUE NÃO PERTENCEM A ESTE MUNDO

20H00      L’ORA LEGALE (A Hora Oficial)

3 SETEMBRO Domingo

16H00      LASCIATI ANDARE (Deixa Rolar)

20H00      ALGO DE NOVO

4 SETEMBRO Segunda-feira

16H00     O FANTASMA DA SICÍLIA

20H00     PARO QUANDO QUERO – MASTERCLASS

5 SETEMBRO Terca-feira

16H00     EM GUERRA POR AMOR

20H00     HISTÓRIAS DE AMOR QUE NÃO PERTENCEM A ESTE MUNDO

6 SETEMBRO Quarta-feira

16H00     L’ORA LEGALE (A Hora Oficial)

20H00     LASCIATI ANDARE (Deixa Rolar)

Share on FacebookTweet about this on TwitterEmail this to someonePrint this page
Fields marked with an * are required

assine e receba
novidades por email

Mais Recentes

Publicidade