X

0 Comentários

Reportagens

Morre Wills Leal

O veterano jornalista, crítico de cinema, escritor e gestor público faleceu em João Pessoa, aos 83 anos.

Por André Dib | 08.05.2020 (sexta-feira)

Pelas palavras do jornalista e crítico de cinema, André Dib, o CinemaEscrito.com registra aqui nota de pesar pela falecimento ontem (7) de Wills Leal.

Lamentamos o falecimento, aos 83 anos, do crítico paraibano Wills Leal. Escritor, jornalista e gestor público, Leal nasceu em Alagoa Nova (no interior do estado) e iniciou carreira em meados dos anos 1950, tendo participado da fundação da Associação dos Críticos Cinematográficos da Paraíba, em 1955. Escreveu em vários jornais, entre eles, n’O Norte, além de ter colaborado com revistas especializadas, o que levou a Glauber Rocha a descrevê-lo como “o versátil pombo-correio do cinema paraibano”.

Deixou 26 livros publicados, sete deles sobre cinema, sendo os principais “Cinema e província” (1968), “Escritores brasileiros no cinema” (1969), “Verbo e imagem” (1984, em parceria com Jomard Muniz de Brito e Virgínius da Gama e Melo) e o “Cinema da Paraíba/Cinema na Paraíba” (2007 Paraibana de Letras.), obra referencial sobre a história do cinema no estado. Quando secretário de turismo, Leal idealizou a “Roliúde Nordestina”, projeto que tornou a cidade de Cabaceiras cenário de diversas produções, como “O auto da Compadecida”, de Guel Arraes. Leal também foi fundador da Academia Paraibana de Cinema e membro da Academia Paraibana de Letras.

Fields marked with an * are required

assine e receba
novidades por email

Mais Recentes

Publicidade