X

0 Comentários

Reportagens

Ary Severo / Firmo Neto (vencedores 2006)

Eric Laurence e Marcelo Lordello são contemplados

Por Luiz Joaquim | 09.12.2006 (sábado)

A coordenação do Concurso de Roteiros Ary Severo &
Firmo Neto e do 8° Festival de Vídeo de Pernambuco
anunciou na noite de anteontem, no Teatro Arraial, os
seus vencedores. Os roteiros “Azul”, de Eric Laurence,
(na foto) e “Eles Voltam”, de Marcelo Lordello, foram
premiados com R$ 80 mil cada, quantia que servirá à
realização dos projetos de curta-metragem, no formato
35mm. Entre os premiados no Festival de Vídeo, o
destaque foi para o realizador Pedro Severien, que
levou os primeiro e segundo lugares na categoria
videoclipe, com “Carnaval Inesquecível na Cidade Alta”
e “Laura Bush tem um Senhor Problema”,
respectivamente. Ambos foram criados para músicas
do EP “Bebadogroove Vol. 1: Garagesambatransmachine”,
do grupo pernambucano mundo livre s/a.

O roteiro “Azul”, de Eric Laurence, narra a vida de
uma velha mãe, moradora de uma região seca e sem vida,
que caminha quilômetros todos os dias até a vizinha
mais próxima, para que esta leia as cartas escritas
pelo filho ausente. Laurence, realizador do premiado
curta “Entre Paredes”, explora a necessidade humana de
manter viva a esperança, na possibilidade do retorno
de um filho que migrou para a cidade grande. Já o
roteiro “Eles Voltam” trata da solidão e da
independência, com uma ação que se desenvolve por meio
de dois irmãos, abandonados em uma rodovia, como forma
de castigo imposto pelo pai.

No Festival de Vídeo, o primeiro prêmio na categoria
Ficção ficou com “Eisenstein”, de Leonardo Lacca, Raul
Luna e Tião. Entre os vídeos de Animação, que este ano
pela primeira vez concorreram como uma categoria
específica, o primeiro lugar foi para Marcos Buccini,
realizador de “Na Corda Bamba”. Gabriel Mascaro,
diretor de “Ao Norte”, levou o primeiro prêmio da
categoria Experimental. Por fim, o melhor
documentário, segundo o júri, foi “Quando a Maré
Encher”, de Oscar Malta.

O 8° Festival de Vídeo de Pernambuco premia os
primeiros lugares das cinco categorias com R$ 3,5 mil.
Os segundos lugares levam R$ 2,5 mil e os terceiros,
R$ 1,5 mil. Há ainda o prêmio do júri popular, que
escolhe o melhor trabalho em cada categoria, com
prêmio de R$ 2 mil. O Ary Severo & Firmo Neto e o
Festival de Vídeo de Pernambuco são realizados pelo
Governo de Pernambuco e pela Prefeitura do Recife.
Confira abaixo a lista completa com todos os
ganhadores.

XXXXXXXXXXXXXXXX

PREMIADOS
Vencedores Firmo Neto / Ari Severo:

– Azul (Eric Laurence)
– Eles Voltam (Marcelo Lordello)

8° Festival de Vídeo de Pernambuco

DOCUMENTÁRIO
1ø lugar: QUANDO A MARÉ ENCHER (Dir. Oscar Malta)
2ø lugar: 15 CENTAVOS (Dir. Marcelo Pedroso)
3ø lugar: PE NA FRANÇA – CANTADORES NA TERRA DOS
TROVADORES (Dir. Ricardo Mello)
Menção Honrosa: 1964 – ENCONTRO COM A MEMÓRIA (Dir.
Marcelo Santos, Michel Bamps e Raphaella Vieira)

FICÇÃO
1ø lugar: EISENSTEIN (Dir. Leonardo Lacca, Raul Luna e
Tião)
2ø lugar: UMA VIDA E OUTRA (Dir. Daniel Aragão)
3ø lugar: ROCK & ROLL NA VEIA (Dir. Germano Rabello)

EXPERIMENTAL
1ø lugar: AO NORTE (Dir. Gabriel Mascaro)
2ø lugar: TANTA SEDE (Dir. José Juvino Júnior)
3ø lugar: CIDADE DO PECADO (Dir. J. R. Júnior)
Menção Honrosa: LANTERNA (Dir. Oscar Malta)

VÍDEOCLIPE
1ø lugar: CARNAVAL INESQUECÍVEL NA CIDADE ALTA (Dir.
Pedro Severien)
2ø lugar: LAURA BUSH TEM UM SENHOR PROBLEMA (Dir.
Pedro Severien)
3ø lugar: PAULO ANDRÉ NÇO ME OUVE (Dir. Danielle
Valentim)

ANIMAÇÃO
1ø lugar: NA CORDA BAMBA (Dir. Marcos Buccini)
2ø lugar: OCASO (Dir. Zózimo Neto)
3ø lugar: O DIA EM QUE O BRASIL FOI INVADIDO (Dir.
Abel Filho)

JÚRI POPULAR
Melhor Documentário: NEURONHA (Dir. Daniel Barros)
Melhor Ficção: ROCK & ROLL NA VEIA (Dir. Germano
Rabello)
Melhor Experimental: AO NORTE (Dir. Gabriel Mascaro)
Melhor Videoclipe: PÉ NA ESTRADA (Dir. Anabele Silva e
Natália Lopes)
Melhor Animação: O DIA EM QUE O BRASIL FOI INVADIDO
(Dir. Abel Filho)

Fields marked with an * are required

assine e receba
novidades por email

Mais Recentes

Publicidade