X

0 Comentários

Reportagens

Rápidas: Assays, KMF, Dornelles, Caru Alves

Novo de Assayas abre a Mostra de SP, “Bacurau” exibe em NY e Caru Alves tem série no CinebrasilTV

Por Luiz Joaquim | 07.08.2019 (quarta-feira)

acima, Penélope Cruz no novo filme de Olivier Assayas, Wasp network

Três breves e boas notícias:

ASSAYAS – O novo filme de Olivier Assayas, Wasp network, abrirá a 43ª Mostra Internacional de Cinema em São Paulo, que ocorre de 17 a 30 de outubro. O longa, que é inspirado na obra Os Últimos soldados da Guerra fria, de Fernando Morais,  foi produzido pelo brasileiro Rodrigo Teixeira e concorre ao prêmio máximo do Festival de Veneza, o Leão de Ouro.  Gael Garcia Bernal e Wagner Moura, que estão no elenco ao lado de Penélope Cruz, confirmaram presença na abertura da Mostra. Além da nova obra, outros títulos de Assayas serão exibidos no evento.

Rodado em Cuba e nas Ilhas Canárias,  Wasp network é a história real de espiões cubanos em solo americano, que revela os tentáculos de uma rede terrorista na Flórida com ramificações na América Central e com o consentimento do governo dos EUA. Nos anos 1990, quando grupos contrários a Fidel Castro realizaram ataques terroristas em Cuba, o governo cubano revidou enviando agentes que se infiltraram nessas organizações.

– x –

CARU ALVES – Dirigidos por Caru Alves de Souza, em parceria com Mari Palumbo, os próximos episódios da série Causando na Rua, que vai ao ar  aos sábados, às 20h,  no canal CinebrasilTV, serão dedicados a cidade de Recife, em Pernambuco.

A série, que mostra ações de coletivos nos espaços públicos nas cidades de São Paulo e Recife, tem como objetivo propor uma reflexão sobre as diversas formas de ressignificação desses espaços pelas propostas de múltiplos artistas.

No sábado (10/8), o ‘Deixa Ela em Paz’, coletivo feminista que faz intervenções urbanas, como colagem de lambe-lambe, para transformar a realidade cotidiana das mulheres e suas vivências nas cidades buscando o enfrentamento ao machismo e à discriminação de gênero.

Já dia 17/8, a série mostra a Batalha do Terminal, uma batalha de MCs que promove o hip hop nas comunidades e contribui com a formação cultural dos jovens periféricos. Segunda maior batalha da cidade, pretende difundir a conquista do espaço público e resistência nas ruas através das rimas, entendendo o Hip Hop como agente de transformação

– x –

KMF, DORNELLES –  Prestes a ter sua estreia nacional na abertura do Festival de Gramado, Bacurau, de Kleber Mendonça Filho e Juliano Dornelles, foi selecionado para o 57º New York Film Festival (NYFF, de 27 de setembro a 13 de outubro), na Mostra ‘Main Slate’, a principal do festival. Será a première Norte-Americana de Bacurau, que já tem distribuição comercial nos EUA e Canadá.

Realizado pela Film Society of Lincoln Center, o NYFF terá como filme de abertura  o aguardado The Irishman, de Martin Scorsese. O festival é uma das principais portas de entrada para filmes de prestígio internacional no mercado norte-americano. Também fazem parte da seleção divulgada ontem (6) Parasita, de Bong Joon-Ho (Palma de Ouro no Festival de Cannes), Dor e Glória, de Pedro Almodóvar. O longa anterior de Kleber Mendonça Filho, Aquarius, também esteve no festival americano em 2016.

Em agosto, Bacurau também marcará presença na competição do 23º Festival de Cine de Lima, no Peru. Com estreia marcada no Brasil para 29 de agosto, o longa já foi convidado para mais de 100 festivais e mostras ao redor do mundo. Já conquistou o prêmio do júri no Festival de Cannes e o prêmio de melhor filme na principal mostra do Festival de Cinema de Munique.  Bacurau também já foi exibido em outros festivais internacionais: na competição do Neuchâtel International Fantastic Film Festival, na Suíça, no Festival de Cinema de Sidney, Austrália, no SoFilm Summercamp, em Nantes, e La Rochelle, ambos na França (onde o filme estreia em setembro).

Fields marked with an * are required

assine e receba
novidades por email

Mais Recentes

Publicidade