X

0 Comentários

Artigos

Azul Piscina

Câmera Clara 66

Por Luiz Joaquim | 07.05.2007 (segunda-feira)

É a 66ª publicação do Câmera Clara e nunca, por questões éticas, elogiei ação alguma do Cinema da Fundação Joaquim Nabuco, já que sou co-responsável pela programação da sala. Mas não consigo evitar de comentar o quão interessante foi o encontro entre o público e o realizador Marcelo Gomes (de “Cinemas, Aspirinas e Urubus”) para falar de seu próximo projeto “Sertão Acrílico de Azul Piscina” (nome provisório). Na realidade, o elogio é todo para o cineasta que decidiu mostrar 26 minutos do embrião que será seu próximo longa-metragem, numa parceria com o cineasta cearense Karin Aïnuz (de “O Céu de Suely”). Na noite da última quarta, depois da projeção do curta, Gomes queria muito mais ouvir a reação da pequena platéia sobre como eles receberam/perceberam as imagens e as intenções dela, para daí maturar sobre como vai utilizar as 27 horas de imagens que captou ainda no ano 2000. No novo projeto, à princípio, Gomes pretende contar a história de um homem que viaja para o Sertão nordestino depois de muita solicitação de seus ancestrais. As imagens vão mostrar a perspectiva desse estrangeiro, abordando também o impacto da modernização naquele espaço tão carregado de costumes antigos. Acredito então que, pela primeira vez no Recife, houve um debate com o público sobre um filme que ainda não existe.

———————————————-
CINE UFPE
Amaro Lins, reitor da UFPE, e o secretário do Audiovisual do MinC, Orlando Senna, anunciaram na penúltima noite do 11º Cine-PE, a parceria entre o Núcleo de Audiovisual da universidade com o programa “Rede Olhar Brasil”, do Ministério da Cultura. A idéia aqui é expandir para o interior do Estado ações de técnicos, autores e estudantes da área. O Núcleo da UFPE já tem no caixa R$ 500 mil em equipamentos para agir a partir de julho.

———————————————-
CANNES 2007
O ano novo para o cinema mundial inicia quarta-feira, quando dá-se partida a 60ª edição do Festival de Cannes. O Brasil vai estar lá com três filmes: o longa “Via Láctea”, de Lima Chamie, os curtas “Um Ramo”, de Marcos Dutra e Juliana Rojas e “Saliva”, de Esmir Filho.

—————————————
FILMES DE BOLSO
Estão abertas inscrições para a 12ª edição do Festival Brasileiro de Cinema Universitário: a Mostra Competitiva Filmes de Bolso vai exibir na internet e nos celulares obras com até cinco minutos de duração, realizadas por estudantes universitários em qualquer suporte e em qualquer época. Mais infos em (www.fbcu.com.br).

——————————————
GOVERNO
Em dez anos acompanhando e cobrindo a movimentação cinematográfica em Pernambuco, nunca tive a oportunidade de ver o Governo do Estado, na figura do governador em pessoa, receber os realizadores locais para ouvir e falar sobre cinema. O encontro inesperado aconteceu quarta-feira passada, no Palácio do Campos das Princesas, onde ficou marcado para a próxima sexta (11) outro encontro para debater um plano de ação política para o cinema estadual.

Fields marked with an * are required

assine e receba
novidades por email

Mais Recentes

Publicidade